MENU

Lançamento da nova edição de “Viagem solitária”, de João W. Nery, no Rio de Janeiro

Data do evento: 11/06/2019

No Mês do Orgulho LGBT, marcando o lançamento da nova edição do emblemático livro de João W. Nery (1950-2018), Viagem solitária, a editora LeYa e a Blooks Livraria convidam para uma conversa com Sheila Salewski, Alessandra Ramos, Cláudio Nascimento, Guilherme Almeida e Marcio Caetano sobre a trajetória pioneira e corajosa de João W. Nery e a questão da liberdade de gênero no Brasil.

O livro é uma autobiografia de um dos maiores símbolos da liberdade de gênero, que, em 1977, foi o primeiro trans-homem a realizar uma cirurgia de redesignação sexual no Brasil. Seu nome batiza o Projeto de Lei de Identidade de Gênero, proposta em 2013. Quase dez anos depois do seu lançamento, ainda é um livro à frente de seu tempo.

O encontro será na terça, 11 de junho, às 19h, na Blooks Botafogo (Espaço Itaú de Cinema, na Praia de Botafogo, 316, Botafogo, Rio de Janeiro-RJ, com estacionamento no Novotel, na Praia de Botafogo, 330).

Sobre os participantes:

Sheila Salewski foi companheira de João W. Nery durante seus últimos 22 anos de vida.

Alessandra Ramos, mulher trans, é uma das principais ativistas LGBTI. Desde 2000 atua na área dos direitos humanos de pessoas LGBTI. Foi organizadora com o então deputado federal pelo Rio de Janeiro, Jean Wyllys, do curso TransFormação, com apoio da UERJ E FIOCRUZ, cujo foco era fortalecer o conhecimento da população trans sobre temas como saúde, cidadania, direito e cidadania.

Cláudio Nascimento é filósofo e atua como ativista LGBTI há 30 anos. Atualmente é coordenador executivo do Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBTI, é diretor de políticas públicas da Aliança Nacional LGBTI e coordenador no Brasil a Rede Gaylatino. É fundador e coordenador da Parada do Orgulho LGBTI-Rio. É co-autor do Livro “Quando ousamos existir: itinerários fotobiográficos do Movimento LGBTI Brasileiro (1978-2018) e atualmente é parte da coordenação do Centro de Memória e Formação Arco-Iris de Cidadania LGBTI, projeto de identificação e registro da memória do Movimento LGBTI Brasileiro e Fluminense.

Guilherme Almeida, homem trans, é pesquisador sobre o tema LGBTI, professor universitário da UERJ e orienta trabalhos acadêmicos sobre relações de gênero e sexualidade, com ênfase nas experiências e políticas públicas relacionadas à transexualidade. É subcoordenador do Laboratório Integrado em Diversidade Sexual, Políticas e Direitos (LIDIS/UERJ).

Marcio Caetano é líder do Nós do Sul: Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Identidades, Currículo e Culturas. Graduado em História pela UERJ, com mestrado e doutorado em educação pela UFF, é professor de Políticas Públicas da Educação no Instituto de Educação da FURG (Universidade Federal do Rio Grande) e orienta trabalhos acadêmicos em Educação e História, especialmente sobre temas relacionados a gênero, sexualidade e desigualdade.