MENU

Biografia

António Tavares

António Tavares nasceu em Angola, em 1960, formou-se em direito pela Universidade de Coimbra e é pós-graduado em direito da comunicação pela mesma universidade. Escreveu peças de teatro, foi jornalista, fundador e diretor do jornal regionalA Linha do Oestee da revista de estudos Litorais. Como romancista, obteve uma menção honrosa no Prêmio Alves Redol, atribuída, em 2013, pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira ao título Todos os dias morrem deuses, publicado em 2017, pela editora Dom Quixote. Foi finalista do Prêmio Leya 2013 com a obra As palavras que me deverão guiar um dia, livro publicado em 2014 pela Teorema, premiado no Festival do Primeiro Romance de Chambéry, na França, em 2015, e também finalista do Prêmio Literário Fernando Namora. Com o romance O coro dos defuntos venceu, por unanimidade, o Prêmio LeYa 2015.